25 de jan de 2010

Espiadinha básica

Ligar a tevê diariamente para acompanhar as últimas do Big Brother Brasil – vulgo mas não vulgar BBB – é um exercício comparável a ler romance, assistir à novela das oito ou parar dois minutos na janela para assuntar o quintal do vizinho. Pelo menos para quem vê a vida com os olhos oblíquos da ficção. Se diz a canção de Paulo Ricardo que “viver é quase um jogo”, o jogo por um milhão e meio de reais é quase a vida.
Não é a vida porque (ainda) não somos vigiados por cinquenta câmeras o dia inteiro; porque (ainda) temos a chance de trancar a porta do quarto e fazer o que ninguém vê. Mas, fora isso, fora o show, a realidade pulula no laboratório do Boninho. Embora os BBBs pareçam repetir os mesmos tipos das edições anteriores, eles não são iguais. A gostosa, o pitboy, o estrategista de ontem não são a gostosa, o pitboy, o estrategista de hoje. Basta olhar com atenção, sem preconceitos, e se surpreender.
Personagens como Marcelo Dourado, Dicesar, Elenita e Tessália podem ser mais interessantes – psicologicamente – do que muitos moradores do Leblon, do que várias criações do melhor autor de todos os tempos da última semana. Eles são às vezes bons, às vezes maus, às vezes companheiros, às vezes traiçoeiros, às vezes inteligentes, às vezes uma porta. Mas jamais de papelão. São sempre humanos, no melhor e no pior sentido da palavra humanidade.
Talvez seja por isso (e pelo polpudo salário, mas independentemente dele) que o jornalista e escritor – escritor! – Pedro Bial demonstre tanto carinho por aqueles meninos e meninas tão bobos e ridículos quanto você e eu, que somos anjos e monstros, que somos nós mesmos, que fingimos o que não somos, que nos esbaldamos nas festas e caímos na piscina, que não resistimos a um espelho, que falamos bobagens, que falamos mais bobagens, que, enfim, encaramos provas de resistência, lógica e sorte todos os dias – apenas para fugir do próximo paredão e (sobre)viver a vida.

19 comentários:

Mariana de Sousa disse...

hum.. eu nao sou mto fã do BB, mas alguma coisa ele deve ter pra hiponitar o pais com essa famosa espiadinha! ;P

Seropédicana disse...

Acho se eu estivesse lá seria muito mas estranho que sou em casa.Lá deve ser muito díficil ser "normal" a cabeça confunde...
Tá aí um programa que não acho mais graça

Leandro disse...

ae, gostaria de te convidar para um comu de blogueiros que anda crescendo
bastante:

Blogosfera - Brasil - (Nova comunidade de blogueiros)
Divulgue seu blog lá!

http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=97889392

Marido Sanduíche disse...

É incrivel em Janeiro todos estão lá criticando, vendo, debatendo sobre pessoas que não tem o que contribuir. Salvo exessões que já passaram por lá e contribuiram para alguma coisa. Mas fazer o que? Temos que ou mudar de canal ou seguir olhando.
Abraços

esdras b disse...

Que eu sou fã e seguidor desse blog isso já faz tempo, mas hoje fiquei especialmente feliz por ler uma crítica elogiosa e inteligente sobre um programa que é tão execrado pelos pseudo-intelectuais. Sempre achei interessante acompanhar algumas edições do programa exatamente pelo motivo que vc citou, são seres-humanos como eu, vc e todos que metem o pau e pra mim relações humanas ainda é a coisa mais fascinante nesse exercício constante que é viver e observar.

Parabéns mais uma vez pelo excelente texto e tamanha sensibilidade!!!

Abços!!!

Vinicius Oliveira disse...

Nossa odeio muito bbb hahahaha, acho péssimo ter isso na tv e da audiencia =/

http://viniciusoliveiraa.blogspot.com/
comenta? me siga, vote em minha enquete

Millena Blogueira disse...

Concordo contigo.Essa versão do BBB pra mim é a pior de todas.

Vanessa disse...

Eu realmente não tinha parado para pensar que na vida real também temos um pouco de BBB, por mais estranho que isso pareça...Anjos, monstros, provas de resistência...Faz sentido!

www.caixinhadeopinioes.zip.net

Neuro-Musical disse...

Eu gostei da maneira como você utilizou a palavra ainda. Com o avanço da técnologia, não vai demorar muito para vivermos cercados por câmeras. É o futuro!

http://cerebro-musical.blogspot.com
BUSCO PARCEIROS!

Bikelando disse...

Você conseguiu me fazer enxergar esse programa de maneira diferente!! Eu sempre ouço todos comentando, gastanto tempo "espiando" ... sem compreender ao certo o que leva alguém a deixar-se embalar num programa assim, agora faz sentido!!
beijos e parabéns pelo blog

Gustavo J. Barreto disse...

a cada ano q passa eles apelam + --- até q assisto, mas já ta perdendo a graça!!! t+

Nina disse...

eu nunca fui fã do BBB, mas quando comecou, achei que seria meu "guilty pleasure", mas depois de 2 dias que vi, achei tão desinteressante :/

Leo Pinheiro disse...

DEsculpe-me discordar, mas...

Acho que aqueles meninos são mais bobos e ridículos do que eu ou vc.

Especialmente esta última leva!

Rodolfo Soares disse...

hehehehehe nunca fui fã de BBB... mas ele entretém o povo brasileiro e isso é de se louvar!

Abraços
www.borarir.com

hu disse...

Adorei ,seu blog traz alem de informação ,muita diversão ...!

Fabricio bezerra da guia disse...

eu não assito BBB,mas com todo mundo falando,a gente acaba acompanhando.a tão falada no twitter tessalia saiu ontem,então deve ficar mais chato.

eu acho interessante que no livro de george orwell o Big Brother via todo mundo,mas hoje todo mundo ve o big brother

Daniel Silva disse...

de vez em quando dou uma espiadinha, confesso.

mudou o blog?

tá legal

Pobre esponja disse...

Esse Pedro Bial é tão fraco, sabe...
Como intelectual, quero dizer - porque ele lança uns livros e tals e affffeeeee...
O maior mérito dele é o de ter estudado com o Cazuza, serem amigos quando crianças.

abç
Pobre Esponja

Marcelo Souza :) disse...

eu tbm fico espiando as vezes no bbb :)

abraços e sucesso para seu blog tbm :)