25 de jun de 2010

Superpop

Quem nunca quis ser um super-herói de verdade? Sair voando por aí, combater o crime, salvar a humanidade. Eu mesmo: já fui de Super-Homem a Change Dragon e, modéstia à parte, dei conta de todos os Lex Luthors e Gyodais. Pois é essa brincadeira de moleque, esse sonho juvenil de todos nós, o ponto de partida de Kick-Ass, ultrafilme baseado na graphic novel homônima escrita por Mark Millar e ilustrada por John Romita Jr.
Dave Lizewski é um adolescente inseguro (dããã... redundância...), com jeitão de nerd, aficcionado por HQs, cujo único "superpoder" é ser invisível para as garotas. Um belo dia ele decide comprar um traje de cores berrantes na internet e se transformar no justiceiro que dá nome ao longa. Claro, as coisas não dão certo de início; afinal, o rapaz é alguém que "apenas existe". Mas nada que alguns acidentes (não, Dave não é picado por uma aranha) não mudem o rumo da história...
Graças a um instante de verdadeiro heroísmo (e às onipresentes câmeras de celulares), Kick-Ass acaba virando um megahit no Youtube, o que atrai não só a atenção de fãs, mas também de um vilão mau, nada a ver com o Pica-Pau – o mafioso Frank D'Amico. Sorte do nosso "herói" que ele encontra os superamigos (super mesmo) Big Daddy e Hit-Girl para salvá-lo do perigo: de um lado, um Nicolas Cage se divertindo à beça como uma espécie de Cavaleiro das Trevas; de outro, uma garotinha com ares de indefesa, meio mangá, meio a Noiva (de Kill Bill), quebrando – literalmente – tudo. Uma dupla com muita dinâmica.
Politicamente incorretíssimo e pop até a última gota de sangue, Kick-Ass é um superfantástico remix de referências: se não bastasse ir de Ennio Morricone a Mika sem pudor, consegue ser a um só tempo violento (como na corajosa cena em que dois personagens são espancados – até a morte? –, com direito a transmissão ao vivo pela tevê e pela internet), cômico (como nas sequências em que Kick sai à procura de um gatinho perdido ou em que sua mãe é vítima de um aneurisma) e terno (como no desfecho, levemente doce e otimista). Uma mistura improvável e poderosamente colorida, que leva os filmes de super-heróis ainda mais alto e avante.

18 comentários:

Paulo Tamburro disse...

FÁBIO,

NÃO CONHECIA O SEU BLOG.

ACHEI REALMENTE, MUITO INTERESSANTE E TENHA A CERTEZA DE QUE VOLTAREI SEMPRE AQUI.

TAMBÉM, APROVEITO PARA CONVIDAR VOCÊ A CONHECER O MEU BLOG:

“HUMOR EM TEXTO”.

A CRÔNICA DESTA SEMANA É SOBRE UM TEMA POLÊMICO.

SE PUDER, CONFIRA E SE QUISER COMENTE, POIS LÁ O MAIS IMPORTANTE É O SEU COMENTÁRIO.

UM ABRAÇÃO CARIOCA!

Inez disse...

Não conheço um só menino que não tenha sido o Super Homem, o Homem Aranha e tantos outros superherois.
O filme parece ser bom, pelo menos sua resenha mostra que é.

Lua disse...

Boa dica...
sempre acho esses filmes meioidiotas, mas este parece realmente bom.
acho q vou assistir.

Allerson disse...

Eu ainda não assisti, mas concerteza é o 5º na minha lista hsaush, mas tenho certeza q esse filme vai ser da hora!

Net Esportes disse...

eu queria voar !!! kkkkk ... mas enfim, achei meio esquisito o roteiro .... de super-heróis só gostei de X-men I ..... e os superman e batmans antigos ...

Sequelanet disse...

A resenha do filme é boa, faltou colocar se já foi lançado ou não.

Bruna Cabral disse...

Humm, o filme realmente parece legal! Vou procurar assistir!
=D

Macaco Pipi disse...

PUTZ
ACHO MUITO TOSCO ESSES FILMES!

Wander Veroni disse...

Oi Fábio!

Confesso que quando vi o trailler desse filme, achei que ele era mais para "Sessão da Tarde" do que para "Tela Quente". Não é meu tipo de filme preferido, mas pelas referências que vc falou, deve ser interessante.

Abraço,


http://cafecomnoticias.blogspot.com

Diva Divã disse...

Eu bem que tentei ser a mulher maravilha, mas no final das contas, só consegui chegar à Hera Venenosa... É assim, todo herói tem lá sua pontinha de vilão. Quanto aos comentários sobre o filme, não conhecia, mas você o fez de forma tão deliciosamente intrigante e divertida, que, veja só, a Diva quer assistir!

Bjs da Diva!


http://quimerasequerelas.blogspot.com/

Rogerio disse...

ate hoje ainda penso em ser um rsrsrs...são fazes nas nossas vidas...momento que nunca esqueceremos...

seuvicio disse...

Diz q é bão mesmo esse parangolê.

Alice Daniel disse...

Tentarei assistir para poder com mais profundidade sobre o filme. A principio me parece ser aquelas comédias juvenis. Vejamos.

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Já vi.. muuito tosco...

BLOG disse...

Já tinha visto o filme e gostei pacas da sua resenha, seu blog está muito bom cara, continue assim!

http://casadeinverno.wordpress.com

Nina disse...

Vou conferir...
:D Gostei do blog.

KGeo disse...

o que eu posso dizer sobre o filme Kick-ass eu nunca li os quadrinhos então minha atenção é totalmente voltada ao filme, o filme mostra que se você for um super-heroi e não tiver super poderes para ajudar, o unico modo em cabater o crime séria na força-bruta, eu gostei desse filme e aconselho.

enorah disse...

Teu blog é muito bom . Se continuar lendo não temo o vício !

Sucesso . Seguindo . :D