12 de jun de 2010

I will

Chegou o Dia dos Namorados, a data em que pombinhos trocam presentes, beijos, abraços e o que mais eles quiserem trocar. O encontro pode ser romântico, pode ser algo brega, pode ser até inteiramente cafona. Depende do senso estético de cada um. Há casais que arriscam noites temáticas, com direito a pétalas da rosa mais vermelha sobre a cama e “Bésame mucho” de trilha sonora...

Pois é. Pensei o mesmo que o leitor: “argh!”. O Dia dos Namorados pode ir além disso. Além da história dos pombinhos. Claro, troquem um milhão de presentes, beijos, abraços e o que mais quiserem (não necessariamente nessa ordem). Mas aproveitem também o Dia – de preferência todos os dias – para recordar (o tal do trazer ao coração) o que fizeram até aquele momento e para sonhar o que farão dali em diante. Juntar passado e futuro no mesmo presente faz um bem danado.

Se esse “presente” ainda for embrulhado com um papel bonito, uma fita elegante e discreta, vale até salpicar um bocado das rosas mais vermelhas sobre a cama. Mas só um bocado. Vale baixar a luz. Vale dar play na trilha sonora. Mas evitando-se “Bésame mucho”, pois – esperamos – esta noche não será la última vez. Que tal uma canção do Elton John? Ou dos Beatles? Ou dos Bee Gees? Roberto Carlos também está valendo.

Eu vou fazer isso. Vou trocar presentes, beijos e abraços. Vou recordar a viagem inesquecível que fizemos, a comidinha diferente que experimentamos, o melhor e o pior filme que vimos. Vou sonhar a viagem inesquecível que faremos, a comidinha diferente que experimentaremos, o melhor e o pior filme que veremos. Com um bocado das rosas mais vermelhas, a luz baixa, uma boa música. Vou fazer isso todos os dias. I will.

15 comentários:

Macaco Pipi disse...

Feliz Páscoa!

Gabriel Nelson Koller disse...

legal, o seu blog, post´s com muita criatividade, continue assim, só acho que o template poderia ser outro!

Fabricio bezerra da guia disse...

"...o que mais eles quiserem trocar" kkkkk

pena que eu sou solteiro,mas feliz dia dos namorados pra quem namora

indivídua disse...

é, eu também adoro ser cafona

Fernando disse...

I will, too.

"Juntar passado e futuro no mesmo presente faz um bem danado."

Ótima citação.

abs,
seuanonimo.blogspot.com

Érica disse...

Todos os dias devemos ser "cafonas". Sucesso!

Érica disse...

Eu também vou trocar beijos e presentes todos os dias da minha vida.

Arash Gitzcam disse...

Fidelidade é imprescindível para que tudo isso aconteça, pois porra traz filho e filho é legal.

Ítalo Richard disse...

Esse clima de romance é bem cafona mesmo, mas é bom, pena que estou solteiro e ainda bem que passei esse dia trabalhando!

www.todososouvidos.blogspot.com

mulherices disse...

Hááá, quando vejo essas coisas, percebo que nem tudo está perdido!
As meninas lá do mulherices vão ficar "bobas" de saber que existem homem assim, ainda.

Espero que teu dia tenha sido como planejado.

Abraço.

Vanessa Pinho

João Paulo disse...

Minha namorada se amarra nisso (data capitalista, que tem por finalidade o consumo), isso me fode.

Neuro-Musical disse...

Eu passei o dia dos namorados assistindo Alice no País das Maravilhas no cinema com minha gatinha. Foi um programa bem legal!

http://cerebro-musical.blogspot.com

Dinho disse...

Dia dos namorados é o dia que eu mais gasto no ano


http://www.insanidadedigital.com

Léo Santos disse...

Eu estava trabalhando e não pude passar com minha esposa o dia dos namorados, mas, nós nos amamos!

Um abraço!

marcs disse...

é, nem tenho namorada "/