3 de abr de 2010

Feliz reaniversário

Todo mundo faz pelo menos dois aniversários por ano. Um deles é (óbvio) no dia em que completa x anos de nascimento. O outro é na Páscoa. Digo isso independentemente do tipo de crença religiosa que se tenha – ou que não se tenha. Qualquer vida neste mundo teve (ou terá) de se refazer depois de uma queda, de um erro, de uma fase, de uma decepção, de um obstáculo, de uma tristeza, de uma pequena morte. Qualquer vida neste mundo, por conseguinte, merece e precisa celebrar sua revida, seu novo capítulo, sua cura, seu aperfeiçoamento, ou mesmo a simples esperança do aperfeiçoamento e da cura (porque decidir virar a página é o primeiro passo para dar continuidade à história). Todo mundo tem sua Páscoa – essa feliz edição revista, ampliada e melhorada de si mesmo.
O nome Páscoa, como sabemos, tem sua origem e essência na palavra passagem. Para os judeus, representa especialmente a passagem da escravidão (no Egito) para a liberdade (de buscar uma terra totalmente sua). Para os povos anteriores aos judeus, a passagem de um tempo de natureza estéril (o inverno) para o viço e a abundância de cores, calor e promessas de frutos (a primavera). Para os católicos, a passagem da morte de Jesus Cristo (numa cruz) para sua ressurreição (poucos dias após). Em todos esses casos, tão absurdamente forte é a pulsão de vida que as muralhas – embora também absurdamente fortes – não podem deixar de se render diante da intensidade estarrecedora. A Páscoa dos judeus dobrou os joelhos e o orgulho de um faraó cabeça-dura, que, como todos os faraós, se considerava um deus na terra. Dividiu ao meio o Mar Vermelho, a ponto de ele se deixar atravessar a pé enxuto. Enfrentou quarenta anos de pedreira e caminhada no deserto. A Páscoa dos povos antigos se sobrepunha à nevasca que parecia matar qualquer expectativa de se continuar extraindo o sustento da terra – muda, desolada por três meses. A Páscoa de Jesus fez um corpo mudo, sepultado há três dias, rolar a pedra do túmulo e ressurgir mais pleno. Vida (com vezão): 1; Morte (com emezão): 0 – a ultimate fighting de todos os tempos.
Esse deve ser sempre o placar. Através dos anos, séculos e milênios, esse é o abençoado clichê que deve continuar se repetindo, over and over. Também para você. Seja qual for o seu faraó cabeça-dura (quem sabe não é você mesmo?), que ele ganhe ouvidos de escutar e mãos de libertar. Seja qual for o seu Mar Vermelho, que ele se abra sob os seus pés e se curve à sua imensa vontade de seguir caminho. Seja qual for o seu deserto – arenoso ou gelado –, que você saiba buscar o frio ou o quente que lhe faltam para que aquele caminho floresça. Seja qual for o seu túmulo neste instante, que não haja pedra no mundo capaz de sepultar seus sonhos por muito tempo. Seja qual for sua pequena e provisória morte, que ela seja diariamente substituída por uma vida teimosa, grande e definitiva. Que todo “desaniversário” (como se diz no País das Maravilhas) seja na verdade um “reaniversário” – mais uma chance de dizer sim ao que pode ser e ao que virá; mais uma oportunidade de comemorar a vitória sobre o que já foi. Feliz Páscoa! felizes páscoas, felizes passagens; que essa força esteja com você – sempre.

12 comentários:

KASSIO KIBOR disse...

feliz páscoa pra vc tbm

Fique bem informado sobre tudo
que acontece na telinha.
conheça o PORTAL RDN.
SAIBA TUDO SOBRE OS FAMOSOS,
E FIQUE POR DENTRO DA BRIGA PELA AUDIÊNCIA. ACESSE:

http://portalresumodanoticia.blogspot.com/

Fabricio bezerra da guia disse...

Eu nunca reparei pascoa como renascimento,eu me lembro mais que vai ser um feriado chato.quando eu era criança a pascoa estava no mesmo nivel de felicidade do natal.Mas valeu pela reflexão

Bruna disse...

gostei do texto.
uma feliz páscoa pra você! :D
uns beijos

Letícia disse...

Interessante seu texto sobre a páscoa. Reflexões interessantes, e obrigada pela etimologia da palavra, entre outras informações que você colocou.
Parabéns pelo blog, e aproveite seu reaniversário.

O Mundo Numa Bolha

*** I.C *** ** The One ** disse...

Mas o Verdadeiro Sentido da páscoa todo mundo esquece né... Acha que é só chocolate... Ovos e sei lá o que... Esquece o verdadeiro sentido... Seu texto é uma boa reflexão para esse dia...

Daniel Silva disse...

feliz páscoa. pra mim não significa muito, pois não sou católico.

abraço

Marcus disse...

Simsempre pensei assim, descordando em algumas partes, mas no geral bem parecido.

feliz reaniversario à todos.

Sharisflips disse...

Pra mim pascoa, é mais pras empresas de chocolate ganhar dinheiro o.o

Sabrina Primo disse...

Ótima Páscoa para você e para o Fábio! :-)
Beijos

PI-PIADAS disse...

texto muito grande, não deu vontade de ler...=/

desculpa, abs.

Gustavo Valério disse...

Nunca fui de comemorar a Páscoa, apesar de gostar muito dessa data. Meus familiares todos comemoram e eu fico meio que à toa. Mas, como judeu, comemoro o Pessach, que é uma esécie de Páscoa. Adorei o texto, sobretudo, a excelência em escrever.

seuvicio disse...

O marido da páscoa é o Pasquale.