25 de mai de 2009

Manifesto antirrotulista

Hoje, 25 de maio, foi escolhido como o Dia do Orgulho Nerd. Confesso minha mais profunda irritação com o fato. E obviamente não falo isso por ser antipatizante de nerds (eu mesma, se bobear, estou arriscadíssima a levar o rótulo pela cara); também não falo por fuga, ou por medinho de ser chamada de nerd. Digo-o por ser totalmente antipatizante da necessidade de chamar alguém de nerd, e igualmente inimiga do jeito incompreensível como isso é feito. Pra que, minha gente, criar essa categoria misteriosa? O que cargas d’água é um nerd? Quem estuda muito? Quem tira boas notas? Quem lê até no elevador ou na piscina? Quem recita a tabela periódica? Quem recita as falas da hexalogia Star Wars (de sabre azul em punho)? Quem cumprimenta os amigos com a saudação vulcana? Quem tafulha até a cozinha de casa com bonequinhos cabeçudos de desenhos oitentões (setentões, sessentões)? Quem faz peregrinação anual ao túmulo de Federico Fellini? Quem passou sem game over por todas as fases de 74.893 joguinhos? Quem torrou a caderneta de poupança mandando confeccionar (em bronze) as armaduras de cada Cavaleiro do Zodíaco? Quem trocou a identidade do RG pela do RPG, sem esperança de reingresso na sociedade? O que, ó céus, dizei-me – o que é um nerd???... Nerd, meu amigo, é o adesivo mais vale-tudo do universo: cola em quase qualquer um. Uma tentativa aloprada de classificação humana, como a ideia de um gerente pancada que resolve, numa loja de departamentos, criar uma seção específica para: roupas azuis de crianças, sapatos pretos de homens, bolsas grandes de mulheres e guarda-chuvas. Infelizmente, não se pode demitir – como ao gerente doidão – quem resolveu sapecar pessoas tão distintas nas mesmas prateleiras do mundo.
Aliás, quem foi que disse mesmo que o mundo tem prateleiras? Até tem – mas não pra gente. Pode-se arquivar documentos por espécie, enfileirar livros pelo sistema de Dewey, listar filmes em ordem alfabética, mas não há código disponível no planeta para categorizar tipos de pessoas – por dentro. Seria nerd alguém que odiasse estudar, abominasse ficção científica e computadores, mas fosse o melhor aluno da sala, tocasse violino e jogasse capoeira? Seria nerd um surfista que adorasse física quântica, escrevesse sonetos e curtisse marcenaria? Seria nerd um analfabeto que tem Q.I. de 190, mas que nunca irá à escola porque não lhe tiraram nem certidão de nascimento? uma senhorinha de 70 e poucos anos que virou aficcionada por tecnologia no semestre passado? um imortal da Academia que nunca ouviu falar em Darth Vader? um morador de rua que (caso verídico) passou em concurso público estudando, na praça, com livro emprestado? Quem é nerd? Quem não é? Quem será, de que tipo – e em que nível? Quantos moldes humanos – ricos, fartos, pitorescos, exclusivos – existirão, solitários em suas características, únicos em suas qualidades, debaixo desse velho sol?...
Pela lógica, o Dia do Orgulho Nerd deveria ser o de TODOS os indivíduos do mundo que se dedicam/dedicaram muito a alguma coisa ou que tiveram/têm inteligência específica para algo. Vejamos: Da Vinci, Guimarães Rosa, Newton, Machado, Shakespeare, Mozart, Spielberg, Santos Dumont, Bill Gates, Woody Allen, TODO o pessoal da música, TODO o pessoal da ciência, TODO o pessoal da literatura, TODO o do cinema, TODO o dos quadrinhos, TODOS os que inventam, TODOS os que leem, TODOS os que têm hobbies, todo, todos, tudo... e eu, e você, e a torcida de cada time do Brasileirão e a de cada seleção mundial. Ora, todos somos seletivamente especiais; todos somos “nerds” em alguma coisa, em algum momento, em alguma fatia. Nerd, se existe, existe assim: como regra e não como exceção. É o intangível, o inqualificável, o inclassificável, o irreunível que nos une numa excelência genericamente individual. Orgulho não é ser nerd; é simplesmente ser. E p.t., saudações – vulcanas.

39 comentários:

Evandro disse...

Parabens a todos os nerds, ou geeks(como alguns sao conhecidos), hoje eh um dia muito especial... Tem coisas de nerds que todos nós fazemos... afinal quem nao gosta de star wars? Ou nunca leu HQs?

----------------
http://jokers.mimhospeda.com/
http://www.radiosagaz.com/

Marcelo A. disse...

Uhhhhuuuuuuuuuu!!!!

Falou tudo...

Nerds da Terra, uni-vos!!!

Abração!

Marcos Volk. disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
Eu li num jornal hoje sobre isso do dia do orgulho nerd! haushaushas
Eu acho chato isso de ficar rotulando as pessoas pelo que elas fazem (seja estudar muito, ou pelo modo de comprimentar alguem baseado em uma serie favorita).
Gostei tbm da sua matéria do blog.
Passa no meu tbm.
Beijos! (:

Marina disse...

Sempre precisamos inferiorizar alguém para nos sentirmos melhores, né?
A raça humana nunca é valorizada totalmente, sempre haverá alguém excluído.
Belo texto!

Bruno Monin disse...

Então ué, viva a todos nós he he he he!!! Gostei da parte dos Cavaleiros do Zodíaco he he he!!!
Haja imaginação pra escrever tanto assim! Parabéns... E mais sucesso!

R4M1R9 disse...

Realmente, se nã\o inferiorizar Alguém na Terra a Vida Fica Impossivel para a Sociedade, pense Nisso...

Pato Cursos..
patocursos.blogspot.com

Lady T disse...

rsrsrsrsrs
Muito bom o texto!!!
Os nerds dominam o mundo!!
Eu só conheço uns 30 xD

PCN disse...

Sabe, quem é nerd SABE que é nerd e se aceita como nerd. São como roqueiros, uns curtem metal e outros punk, mas no final todos se consideram roqueiros.

Mas belo texto!

Visite meu blog se quiser:
http://papeisriscados.blogspot.com/

Wander Veroni disse...

Oi, Fernanda!

Acho engraçado essa data...rs. Pra falar a verdade...hehehe...nem sei se tem alguém que comemora isso! Mas se tiver, o seu texto vale a reflexão.

Abraço

palavraacida disse...

A maior rotularização que já se fez e se faz até hoje é: Somos serer recionais.

By Eu mesmo.

Gúh! disse...

EU SOU NERD !!

Luiz Guilherme disse...

Realment.....rotular faz parte do mundo moderno e furioso de hoje....

VIVA OS NERDS!!!!!

http://lg7fortalezace.blogspot.com/

Tks

ilhadesconhecida disse...

Foi o texto mais verdadeiro que eu já li nos últimos os tempos! Concordo em gênero, número e grau!!

parabéns pelo blog!

Mari Boaretto - Ilha Desconhecida

Alexandre disse...

O foda é que hj ser nerd tá na moda... o estereotipo americano tá caindo e cada vez mais gente tá virando nerd. Eu admiro alguns nerds. Tpo PVC, o cara é o maior nerd do futebol q eu conheço, hehehe...
Estereotipar é q é o foda. Se no modelo americano todos ssão iguais, a gente já sabe q não é assim. Existem nerds de vários tipos diferentes...
Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

carlos mendes disse...

parabens para os nerd mas de nerd e louco todo mundo tem um pouco

parabens

Anônimo disse...

ser nerd e ser uma pessoa porreirinha e gingona e boa pessoa Uma pessoa lembida e lavadinha! a minha colega sara gostava de ser nerd. Cria perguntar se me podem informar de como ela se pode tornar nerd?? tem de ter pelos nas pernas?

Dayane disse...

Nossa sociedade é formada (infelizmente) por muitos estereótipos.
Loira é gotosa, Mulher boa é bunduda, e quem gosta de atividades intelectuais é um "nerd".
Agora pergunto: Qual o problema?
Será que para sermos aceitos temos que ser o que os outros querem que sejamos?
Procuro não ser rotulista, bem como procuro ser o que eu quero ser e não o que os outros querem que eu seja.

Atenciosamente.

P.s: Se possível passe no meu blog. ainda está no princípio. Saiba que suas sugestões/críticas seram bem vindas.

www.dayaneneres.blogspot.com

RJ disse...

não, por fvor não diga que TODO o pessoal da musica está incluido neste pessoal aí 9tem mta bosta no meio)... e sim, tbm não sou antipatizante dos nerds, ams não vjo razçao para tal dia!!

abraços!

Brazileiro disse...

sou quase um NERD!
não tenhu nada contra eles
um dia vamos dominar o mundo!!!!
_________
Parabens pelo Blog!

avassaladorasrio disse...

Querido amigo avassalador...
Voce pode ser um nerd e ser popular ao mesmo tempo... não precisa ter aquele jeitão esquisito com milhares de canetas no bolso da camisa xadrex... nem usar aqueles sapatos com solado grosso... Pode ser um nerd cool...
Eu fui! sou e sempre serei Nerd! kkkk

Thiago Paulo disse...

Até agora só tinha lido opiniões a fovor do dia do orgulho nerd, não que você seja contra, masi você tem uma opinião diferente. Não concordo muito com você, porque nos dias de hoje, é difícil você ver alguém chamando uma outra pessoa de Nerd, a maioria das vezes ele mesmo se acha um Nerd, justamente por hoje, isso ser diferente. Então, se alguém rotula uma pessoa como Nerd, esse alguém é ela mesma.

Abraços... Vou me tornar seguidor, adorei o blog, e se quiser vazer uma visita ao meu, fique a voltade, o Thiago agradeçe...Risos.

Groo disse...

Concordo com suas palavras.

E do que já li por aí em blogs sobre o "dia do orgulho nerd", sua postagem foi a mais expressiva.

Todos temos uma "porção" de nerds na personalidade, nos hábitos. Fãs de HQ's, Sci-Fi, Animes, são detalhes - havia quem colecionava figurinhas no passado e nem por isso eram considerados "nerds", apenas "aficcionados".

Mas como hoje tudo é rótulo, tem que se vender até a imagem...

abs!

Fábio Flora disse...

O nerd, o CDF, a patricinha, o mauricinho, o pitboy, a loura-burra, o metrossexual, o mocinho, o vilão... Isso está parecendo o último (o penúltimo, o antepenúltimo...) "elenco" do Big Brother Brasil, ou de outro reality show qualquer. Mas só parece. Quando damos mais que uma espiadinha básica, sem preconceitos, vemos que cada ser humano é único e "inclonável". Que não existem o nerd, o CDF, a patricinha, o mauricinho, o pitboy, a loura-burra, o metrossexual, o mocinho, o vilão... Mas, felizmente, pessoas surpreendentemente diversas.

Arthur Alves disse...

Concordo completamente.

Ser nerd é ter a capacidade de alguma coisa, fazer, pensar, falar, em determinado momento, na vida, ou qualquer outra circunstância.

Nerd é aquele que se esforça, podemos até dizer assim, e dessa forma, de nerd todo mundo tem um pouco. E se há o que discriminar, isso deve ser dirigo aos que nada fazem, nada pensam, os que preferem seguir a ser seguidos, os que preferem pensar que não têm culpa pelas consequências de algo por estar seguindo os passos alguém.

Não ser nerd, é não fazer valer a sua vida (se nos basearmos no conceito mais plausível da palavra).


Quando puder, dá uma passada no Papeando.blog
http://pape-ando.blogspot.com/

Abraços

lumartins2908 disse...

Viva Nós, Nerds hahaha *-*

http://tiomah.blogspot.com/

Inez disse...

Muito bom seu texto, também não gosto dessa história de taxar as pessoas. Ao meu ver, geralmente quem taxa alguém de nerd é aquele bobca da sala de aula que vai mal pra caramba e morre de inveja do bom aluno.

Flavi Bonita Melo disse...

"Quem trocou a identidade do RG pela do RPG, sem esperança de reingresso na sociedade?" Adorei!

Nossa, vc escreve muito bem, vou ler mais para aprender rss...

Parabéns!

Estou seguindo...

Beijos

Canto do Lufa disse...

NERD É MAIS DO QUE UM RÓTULO!!

Dependendo dos casos é um estado de espírito!

Todo mundo tem um lado nerd dentre de nós mesmos!

Fábio disse...

Faço das suas palavras as minhas.

Anônimo disse...

Sei que sou nerd quando me entrego ao trabalho, deixo de fazer um punhado de coisas que dão prazer e, com certeza, nao sou valorizada.
Pior que o Dia do Orgulho NERD só o Dia do Orgulho GAY. Marcia Moretzsohn.

*Teta de Nêga* disse...

Viva a diversidade! Viva os nerds e os porra-loucas!!!
hahahaha

*Teta de Nêga* disse...

Viva os nerds!

Adorei!!!

Alexandre Hahn disse...

Nada como ser um nerd e comer um bolo! Parabéns a todos!

Arlindo disse...

Bem se for levar pelo que os outros dizem eu acho que sou nerd O.o

só porque estudo muito e tiro as maiores notas do curso de radiologia,mas eu não me acho nerd,sei lá nem sei direito o que é isso,a dos cavaleiros de broze foi legal \o\,mas eu não tenho esse dinheiro todo.

sei lá,não me importo mesmo com essas coisas,só quero viver minha vida.

o resto tanto faz.

Mário Sérgio disse...

Qualquer pessoa que tenha um hobbie acaba se tornando meio nerd. Ou não.

Nanda Oliveira disse...

"Nerd, meu amigo, é o adesivo mais vale-tudo do universo: cola em quase qualquer um."

Concordo!
Inclusive eu sou uma NERD' :D
Pel omenos me considero!
rsrsrs

Eu GOSTO dE jogar RPG ...

Felix disse...

Teoricamente, Nerd é todo mundo que não gosta de ser chamado de Nerd, e que acha que a palavra Geek é um elogio.

Tecnicamente, um Nerd é quem entende a piada "Existem 10 tipos de pessoas...", quem sabe a resposta da pergunta fundamental da Vida, do Universo e Tudo Mais, quem carrega um só gadget que faz quase tudo ao invés de ter celular, mp3, e-book e muitos outros E, finalmente, quem gosta de sair nos finais de semana a um barzinho para tomar cerveja (ou Coca-Cola, dependendo da religião).

Ca . disse...

Todo mundo tem um lado meio nerd dentro de si EUHEHEUHEUHEHE


www.alternativa-vida.blogspot.com

Gúh! disse...

EU SOU NERD ! E ME ORGULHO !