7 de jun de 2009

Outro dia especial

No dia 9 do mês passado, foi a vez do Fábio; agora é a minha hora e vez de consultar a Tia Wiki e descobrir o que (além do meu colossal e digníssimo nascimento, é claro) aconteceu nesses setes de junho perdidos pela História. Logo de cara: Tratado de Tordesilhas, em 1494. Essa eu sabia. Por motivos óbvios, era a data mais fácil de decorebar nos tempos de escola. Verdade que eu não gosto nada do sentido real da coisa – afinal, Portugal e Espanha estavam fatiando para si o bolo de outros, o que definitivamente não é bacana –, mas vamos fingir que há um lado rosinha: foi um tratado de paz. Pelo menos entre os dois países, pelo menos no papel, pelo menos naquele momento. E de tratados de paz os setes-de-junho gostam demais da conta.
Adiante: em 1862, EUA e Reino Unido concordam em deixar de fazer comércio de escravos. Oba! Taí um evento mais auspicioso para o nosso dia! Setes-de-junho deteeeeestam algemas atando mãos limpas, ferros detendo pés inocentes e decretos engaiolando vozes pensantes. Não à toa (orgulho máximo!), 7 de junho é o Dia da Liberdade de Imprensa. E liberdade de verbo é liberdade de sujeito. Vontade de relembrar sempre o grito jovem de Castro Alves, com seu peso literal e metafórico abrindo as asas sobre nós: a praça é do povo como o céu é do condor!...
Não calhou de ser Castro Alves, mas algum poeta condoreiro e abolicionista tinha mesmo de nascer num 7 do 6 – e nasceu: Tobias Barreto. Tobias porreta, que peitou os herdeiros do sogro alforriando todos os escravos que pertenciam ao morto. Era um sete-de-junho danado da peste ou não era? E não ficou sozinho no calendário: Paul Gauguin (pintor tão livre e inclassificável como o contemporâneo Van Gogh), Geraldo Casé (pai supermultimídia de nossa Regina), Dolores Duran (passarinho intenso e breve da emepebê), Prince (o eterno indefinível) e outros dribladores de fronteiras ainda nasceriam para compartilhar a data. Inclusive Dorothy Stang, irmã de tudo quanto fosse justo sobre o chão. Que melhor embaixadora daqueles que inaceitam jaulas e mordaças?
Ser uma sete-de-junho é uma honra feliz. Estar viva neste novo sete de junho, completando mais uma volta bem-sucedida em torno do sol, é uma honra ainda mais feliz. Já são 29 voltas durante as quais tenho tentado fazer jus ao dia que posso chamar de meu. Espero que haja ao menos umas 157 rodadas pela frente – porque um bom sete-de-junho, vale lembrar, não é gente de se conformar com limites clichê. Mas ainda que não haja 157 rodadas pela frente no formato tradicional do calendário, que os próximos capítulos sejam tão – tão intensos como Dolores, tão coloridos como Paul, tão múltiplos como Geraldo, tão surpreendentes como Prince, tão incansáveis como Dorothy. E, sendo assim tão, que sublimem e transbordem todo o encaixotamento de anos e décadas. Que simplesmente “sejam-se” (como nas palavras do treze-de-junho Fernando Pessoa). Sejam tão plenos em si, tão íntegros, tão fiéis à sua própria felicidade, que dispensem ponteiros e fronteiras. Expandam-se infinitamente em seu território, sem marcos de Tordesilhas a constrangê-los. Quanto a mim, pretendo continuar desbravando, gulosamente, cada pedacinho de tempo que eu puder e ganhar neste mundão. Wish me luck!

28 comentários:

Rodolfo Soares disse...

Opaaaa... Feliz Aniversários!!!!

Também faço isso no meu aniversário hehehehe...

Felicidades e excelente post...!

grupo gauche disse...

Ah! adorei essa viagem pela História, hahaha auspicioso hahaha
que venham mais 7 do 6 como vc diz xD auspiciosos na sua vida por siempre! abraços

J. C. David disse...

putz..

parabéns pelo aniversário, e principalmente parabéns pelo ótimo texto...

Ana Lucia Nicolau disse...

parabéns pelo seu aniversário...
gostei do lance de você buscar na história acotecimentos do dia...
Adoro Castro Alves!

Everaldo Ygor disse...

Olá...
São belos pedaços, lembranças boas...
Abraços
Everaldo Ygor

Diego Janjão disse...

Lembranças...

o que seria de nós sem elas???


parabéns duplo pra vc,pelo niver e pelo blog!

Lekuza Sk8 disse...

Nossa...quanta coisa,eu no seu lugar ficaria ate tonta...hauhauhauhauhau..
[pensando com meus butoes: Oque sera que aconteceu no dia 14 de Abril?hauhau]

Michelle Susan ! disse...

Parabéeeens ;*

Walmor disse...

aeee... parabéns mesmo!

legal seu blog!

Mr. Rickes disse...

Muito legal! Felicidades

0/

Inez disse...

Parabéns pelo aniversário e pelo texto, uma verdadeira aula de história.

Alan Salgueiro disse...

Interessante essa volta a séculos pra checar o que acontecia no dia do seu aniversário séculos atrás!

Ca . disse...

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

PARABÉNS!


:D

Hique disse...

mais uma volta bem-sucedida em volta do sol


uma ótima visão dessa passagem turbulenta pela Terra...


parabéns

Toninho disse...

Nosss... antes de tudo, meus parabéns !!

E.. legal vc ter interesse em saber o que, devidamente, aconteceu na época do seu nascimento! Naum tinha pensado tão a serio sobre iisso ao meu respeito.. mas vou tentarr pesquisar.. hehehe!

bjuus...
eii, dah uma visitada no meu recente Blog. É novo estou precisando de um certo apoio. Comente lah viu !!
xau'zzz

www.manancialeventos.blogspot.com

→Aท@ ¢A®0ℓ!ทA← disse...

Muito legal karann! Nunca tive essa idéia, vou passar a pesquisar sobre a data do meu aniversário shausaasuha
Muito interessante o seu texto e achei lindo o desfecho!
Aliás, Parabéns aí pelo aniversário!
;)

http://anacarolinolandia.blogspot.com/

Dan Pessôa disse...

Uau esse tópico foi, no mínimo, criativo... acho até que vou roubar essa idéia no próximo dia 28 de dezembro hehehe

Ah, e parabéns pelo aniversário..
Ah, a parabéns pelo blog...
Ah, e sobrou um pedacinho desse bolo da Pucca pra mim?? hehe

Abraços!!

www.danpessoa.blogspot.com

Zone Core disse...

Muito legal e parabéns.

Muito bakana essa ideia de buscar historia dessa data, inteligente...

show t mais

Viviane Righi disse...

Primeiramente, parabéns!

Gostei demais da idéia de vocês em relação a buscar os acontecimentos das datas de aniversário na história....

Ultramuito legal!!!!

Bjos...

Flá Romani... disse...

Ahhhhh hoje é niver de uma pessoa muito especial pra mim. Minha irmãzinha!!!!

gosto muito do seu blog viu

War Inside My Head disse...

1° Parabéns pela data... não se esqueça dela jamais , pois nesta data vc celebra o seu nascimento...
Parabéns também pelo Blog de bom conteudo!
Ja estou seguindo , e por favor siga o meu tb...
Grande abraço.
Yaser
http://yaseryusuf.blogspot.com/

30 e poucos anos. disse...

opa opa opa ... feliz aniversario - atrasado...!

Wander Veroni disse...

Oi, Fernanda!

Antes demais nada, feliz aniversário! Muita saúde, paz e sucesso, viu! O sete é o número da curiosidade, da descoberta, do charme, do mistério...hehehe...é um bom número, hein!

Além disso, quanta coisa já aconteceu de importante no mundo no dia sete. Sem contar nas personalidades que compartilham da mesma data que você! Muito legal a ideia do seu texto!!!

Abraço,

http://cafecomnoticias.blogspot.com

LADY DARK ANGEL disse...

ADORO A PUCCA
PARABENS

Fábio Flora disse...

Fernanda é um tratado de paz, ou a própria paz; é a liberdade do verbo, dos substantivos, dos adjetivos; é uma cabeça ultramultimídia; é um coração passarinho. É intensa, colorida, surpreendente – e viverá as próximas 157 rodadas e mais, muito mais, porque ela é gulosamente incansável.

Anônimo disse...

Fernanda,é bom demais fazer vinte e nove anos! Tudo na vida está ao seu alcance, é só estender as mãos
que mais glórias virão, mais sucesso, mais felicidade. PARABÉNS!
M.M.

ganésinho disse...

Uau !
Tutorial de como escrever um texto auto descritivo em uma aula de história superdesenvolvida.

Saulo Lopes disse...

Minha prima gostou do bolo :)


Gostei do teu site, é bem bacana! Parceria?

Visite-me se não for muito incômodo.

http://saulolopes.blogspot.com

Abraço