8 de out de 2008

O mundo não é o bar da boa

Seu Manuel tinha um pé-sujo na Vila Minhoca e decidiu vender cachaça "na caderneta" aos seus leais fregueses, todos bêbados e quase todos desempregados. Porque decidiu vender a crédito, pôde aumentar um pouquinho o preço da dose da mardita e ter um lucro maior. Grande Seu Manuel!
O gerente do banco do Grande-Seu-Manuel, um arrojadíssimo administrador com MBA em Massachusetts (EUA), teve então um insight superincrível: as cadernetas das dívidas do botequim constituíam, em último gole, um ativo recebível! E foi aí que o gerente-dos-insights-superincríveis começou a adiantar dinheiro ao pé-sujo do Grande-Seu-Manuel, tendo a pindura dos pinguços como garantia.
Mais adiante, alguns executivos do banco lastrearam os tais recebíveis e os transformaram em CBF, CDF, FBI, TPM, PQP, UTI, OVNI, SOS ou qualquer outra sigla financeira que ninguém sabe exatamente o que quer dizer. O fato é que essa indigesta sopa de letrinhas alavancou o mercado de capitais e levou o mundo redeglobalizado a "operações estruturadas de derivativos na Bolsa de Mercadorias & Futuros" (hã?!), cujo lastro inicial todo mundo desconhecia (só entre nós: as tais cadernetas do Grande-Seu-Manuel!).
O tempo (que é dinheiro) foi passando, e os tais derivativos eram repassados como se fossem títulos sérios, de família boa e direita, nos mercados de n (o, p, q...) países. Até que, numa bela zeca-feira, alguém descobriu a pólvora e acendeu o pavio: os bebuns desempregados da Vila Minhoca não tinham dinheiro para pagar suas contas! E o pé-sujo do Grande-Seu-Manuel – plunct-plact-zum! – foi à falência! Resultado: o resto do mundo despencou redondo, redondo...

31 comentários:

Pedro Junior disse...

aff estou longe dessa realidade não bebo...

Camila Cavalcante disse...

Hum, interessante... explica muito bem o início de uma crise!

carla m. disse...

Genial!!!

greatdj disse...

hahahah
Foi incrivelmente parecido com a realidade!
ótimo texto!

Didi disse...

Lendo assim parecia uma história educativa para crianças explicando a situação de hoje, ou melhor, uma história de crianã contada por alguns personagens de Simpsons. Embora o texto esteja muito bom, a situação do mundo está preta....

Esconderijo disse...

SEu Manuel, seu Manuel,... De seu boteco o mundo girou e quebrou.rs....

Belo texto. Parabéns.

www.escondidin.blogspot.com

30 e poucos anos. disse...

E a culpa é da marvada cana !!!

Ellen Regina - facetasdemim disse...

ahauhauahauaahuaaua
q texto inteligente! Uma excelente re-leitura do crash impobiliário nos EUA...

ADOREI

roas77 disse...

kkkkkkkkkk

Muito inteligent o texto .. e até divertido .. adorei .. rsrsrs

Abç..

Seu Manuel se lascou.. kkkkkkkk

Surtado disse...

Muito bom, parabéns ... E a crise financeira continua ... Bancos quebrados ...e bolsas despencando ... Será mais uam tacada dos EUA pra se manter como o Grande, já que os tigres asiáticos e paises subdesenvolvidos estavam ganhando forças na globalização???
Abraços

Cleiton disse...

Carakaaaa!!

Ótima metafora para falar dessa maldita crise que se alastra mundo a fora!

Genial... e surreal!

Parabens cara!


http://gregoryzairuz.blogspot.com/

nerdsedentario disse...

Hahahahahaa.
Adorei o texto, que realidade triste hein.

Feänor disse...

Cara, sua nexplicação foi genial!! De longe a MELHOR, em todos os sentidos, da crise financeira que nos assola...

E com um bônus: só você conseguiu me prender a atenção até o final rs

Agora faz um favor? Traz mais uma ampola do diurético e faz uma pindureta pa nóis...

Abs!

niagarafools disse...

Posso te perguntar uma coisa: você faz parte da lista da Zero no Google Groups?!
bjks!

Viviane Righi disse...

É isso mesmo. E assim, vamos caminhando... infelizmente tudo aquilo que começa errado, continua e acaba errado também. Como eu gostaria de estar enganada. Como eu gostaria que as coisas melhorassem!

Alexandre disse...

E crise financeira continua

Tania Montandon disse...

Muito legal, ficou criativo e divertido!

beijos

Fernanda disse...

Texto ultra-redondíssimo, que desce líquido e certo, sem uma dosezinha a mais ou a menos! Em um blog de textos todos redondíssimos, já é o número 1! :-) Deveria ser adotado em n-o-p-q jornais, telejornais, bancos de faculdade e de escola, com ilustração dos Simpsons e tudo, pra ver se a gente entendia melhor a crise marvada, quase-de-29 (porque convenhamos: aqueles gráficos convencionais não têm graça nenhuma!). Uma notinha triste pela situação de Vila Minhoca, lugar aprazível e bom -- e que, como todos sabem, tem os melhores blueberry muffins do mundo. Felizmente, o cajado do bar da boa (ou que podia ser da boa) está prestes a passar para outras mãos. Estimamos melhoras.

Ellen Regina - facetasdemim disse...

Estou aqui para agradecer ao incentivo à publicação do meu livro e pelo comentário entusiástico ao meu texto lá no blog 30 e poucos anos!!!

Obrigada!
Ellen Regina
www.facetasdemim.blogspot.com

Juliana disse...

Fábio, genial!!
hahaha

Blogueiro Lecal disse...

hahaha Gostei do texto
boa

Danilo Cruz disse...

Cara, adorei o jeito que você escreve.


Coitado 'seu manel'.

Lua disse...

mt bom menino, também quem mandou seu manoel vender cachaça pra quem não tem dinheiro...
Ah quanto ao Goethe: no blog ele foi o autor da frase do dia, mas para mim é o poeta da minha vida.
E é impossível eu parar de escrever...

Nina Ferreira disse...

Ah, é mesmo é?
E me diz uma coisa...
'Cê tem namorada?'
Rs.


Ah, cara. Eu tava louca pra saber qual a real causa da crise finaceira.
Obrigadíssima!

Beijão,
Nina.

Geek.Lh3Rm3 disse...

Great !!

Nicolle Longobardi disse...

Demais!Adorei!

Coldheart disse...

adorei o blog... e gostei desse topico...
muito bom mesmo...

meu blog eh : www.kalyugatimes.blogspot.com

Contos de F. disse...

entao vamos beber pra comemorar! chama o seu manoel, o cara dos insights, e é issaê!

ah! e pede uma pizza tb!

Leonardo disse...

Gostei do texto!
Embora eu não beba....

Abraços!

Neo disse...

Show de bola..

Explicação didática para a crise.

Abraço!


Neo

Álvaro Andrade disse...

Hahaha

bacana, velho! Bem didático!
:)